top of page
  • ondovato9

Diálogos Presidenciais

Numa tarde qualquer da semana passada, o presidente está concentrado montando um quebra-cabeça na mesa de centro de seu gabinete quando toca o telefone. Ele se assusta, mas atende:

- Porra! Eu disse que estava ocupado, tá oquei?

- Desculpe, mas o senhor pediu para falar com o ministro da AGU.

- AGU, porra! O que é isso?

- Advocacia Geral da União, senhor.

- É mesmo, porra!, nem lembrava. Manda entrar o Mendonça.

- Não é o Mendonça, senhor, é o Levi.

- Porra, se você não fosse tão gostosa, eu te demitia. O Levi é de outro órgão aí.

- Não, senhor! O senhor o empossou advogado geral da união.

Um breve silêncio para que os dois neurônios presidenciais se conectassem:

- É mesmo, porra! Teve aquela confusão com o Judas, e eu fiz aquela mudança genial. Mudei o Mendonça, o Levi e outros aí. Manda entrar.

- Sim, senhor.

O advogado geral da união entra e dá de cara com o presidente, circunspecto sobre o passatempo.

- Boa tarde, senhor. Tudo bem?

- Tudo, Levi. Senta aí.

- O que é isso, presidente?

- Porra, Levi, tu é muito burro. Isso é um quebra-cabeça, tá oquei?

- Sim, presidente. Eu costumo me distrair com isso também. Mil e quinhentas, duas mil peças. O que eu quis perguntar é qual a figura que vai aparecer quando o senhor terminar.

- Porra, Levi! Agora deu pra entender. Então, o zero dois me deu de presente essa porra. Mas é muito difícil, porra, tá oquei. São 40 peças, porra. E aqui diz que é o Pato Donald. Porra, se eu pelo menos soubesse como é a cara o Pato Donald.

- Senhor, geralmente, na caixa aparece a figura.

O presidente pega a caixa e olha profundamente. Levi observa que o passatempo é destinado a crianças de 6 anos.

- Porra, então essa é a cara do Pato Donald? Sempre achei que esse fosse o Mickey. – O presidente ri.

- Senhor, talvez não seja adequado...

- Cala a boca, Levi! Eu te chamei para tratar de outro assunto, tá oquei?

- Sim, presidente, já imagino.

- Quero falar sobre a nomeação do Ramagi. Tem que recorrer disso daí.

- Então, presidente. O Mendonça e o general Braga Neto já conversaram com o senhor...

- Sim, porra!, mas não explicaram nada, tá oquei?

- Deixa eu lhe falar: eu não posso recorrer da decisão do STF porque o senhor exonerou o Ramagem.

- Porra, Levi, eu só exonerei o Ramagi porque aquele careca do PCC suspendeu a nomeação, porra! Tem que recorrer disso daí!

- Presidente, no momento em que o senhor exonerou o Ramagem, a decisão do ministro perdeu a validade, o efeito. Não tem mais legitimidade.

- Porra, então eu posso empossar o Ramagi!

- Ramagem, presidente.

- Não entendi, Levi. Porra!, tu tá me corrigindo? Não lembra do Lula, porra!, aquele analfabeto? Da Dilma, que não contracenava coisa com coisa?

- Nãnão, presidente. Não foi isso. É que a AGU não pode recorrer da suspensão da nomeação se a nomeação foi cancelada.

- Porra!, quem cancelou isso daí?

- O senhor, presidente.

- Eu, porra? Quando foi isso?

- Foi...

- Não importa, tá oquei? O que importa é que tem que recorrer disso daí.

- Deixa eu tentar lhe explicar: o senhor nomeou, o ministro suspendeu. O senhor cancelou a nomeação no Diário Oficial. Se o senhor cancelou, não tem mais nomeação. Logo, a suspensão do ministro não tem mais validade. Se não tem mais validade, não existe a possibilidade da AGU recorrer, uma vez que a decisão do ministro foi feita sobre uma deliberação sua que foi revogada.

- Porra, Levi, fala português, porra! Eu quero que revogue isso daí, senão as consequências serão casta... catastófri... catatós... Porra!, vai dá merda isso daí.

- Presidente, eu não posso recorrer se o senhor cancelou a nomeação.

- Então, eu vou nomear de novo, porra!

- Aí, se o ministro suspender, eu posso recorrer.

- E se o careca do PCC não suspender?

- Aí o senhor pode empossar o Ramagi.

- Agora, sim, porra!, tu falou o nome dele direito.

- Obrigado!

- Obrigado, o caralho! Assim que tu sair daqui tu vai recorrer da decisão do careca!

- Mas, presidente...

- Que presidente, porra?! Ou tu recorre ou eu te frito!

- Mas, senhor...

- Vai embora, porra!, que eu tenho uma reunião com uns deputados do centrão. Gente boa!

- Presidente...

- Vai, porra!

Naquele instante, Levi percebeu que não ia durar muito no cargo.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page